Buscar
  • Paulo Neves

Grande Penalidade: Balanço Época 2016-2017


Após uma longa jornada ausente por motivos profissionais, a Grande Penalidade volta para fazer um balanço da época 2016/2017 do futebol 3 – sub7, o qual não poderia ser mais positivo. Cumprimos os ojectivos a que nos propusemos e atingimos as seguintes metas:

  • 2º lugar na Liga Desportiva de Gondomar com 84 golos marcados e 2 sofridos;

  • 2º lugar na Taça das Vilas ;

  • 2º lugar no Torneio 25 de Abril.

Ao longo do trabalho desenvolvido com estas crianças, cresci e desenvolvi as minhas capacidades técnicas e pessoais… é um orgulho tremendo ensinar uma criança a chutar uma bola, a não sair dentro de campo, a não dar mão na bola…

Nada disto seria possível sem o apoio da massa associativa, dentro e fora de campo, em todos os jogos, treinos, com mensagens de carinho e força.

Um agradecimento especial à senhora presidente dona Arminda Gomes pela oportunidade concedida e uma homenagem ao nosso eterno Vasco Soares - defesa central do plantel senior.

Palavras dirigidas ao plantel fut3 – sub7 do Sport Clube Montezelo:

“Meninos, ao ver-vos jogar com aquela atitude e aquela determinação cheguei à conclusão que uma parte substancial do meu trabalho está concluída. Desde o primeiro dia que vos sempre disse: no futebol, como na vida, triunfam os melhores e aqueles que acreditam e trabalham para atingir os seus objetivos. Para se triunfar é preciso coragem, humildade, esforço, sacrifício e coração. Cada um de vocês encheu aquele campo de caracter, atitude e querer.

E para mim foram uns verdadeiros campeões com humildade, esforço e dedicação Com amor ao símbolo que envergam junto ao coração, com a raça própria de vencedores, foram à luta, bateram-se taco a taco com o adversário e acabaram o jogo de cabeça erguida, com muito orgulho e muita dignidade. Sempre vos disse que o futebol mais do que um desporto é uma escola de vida. No futebol aprendemos a valorizar coisas como a dignidade, a vontade de nos superarmos a nós mesmos, o trabalho, a dedicação, o sacrifício, o pensar "coletivo", o estar sempre ao lado dos "nossos". Cheguei a chatear-me e a castigar-vos para que vocês dessem verdadeiro valor a tudo isso. A verdade é que de dia para dia me têm surpreendido pela positiva e aprenderam que por vezes não podemos controlar um resultado.

Mas podemos deixar em todos os jogos uma imagem positiva, uma imagem de um grupo que deixa tudo em campo. Temo-lo feito e quando assim é.…como treinador sinto-me realizado.

Vergo-me perante a vossa alma! Os meus parabéns!”

OLIVEIRA (2008). De treinador para jogadores - factor motivação. Acedido em 20 de Setembro de 2017, em http://futebolices.blogspot.pt/2008/02/de-treinador-para-jogadores-factor.html.

Não é uma despedida, é um agradecimento

Estou Grato e pronto a fazer mais e melhor.

Mister Paulo Neves.


0 visualização
Morgado & Cª. S.A.
Razão de Mudança
Talho do Povo
Gondodoce
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now